Atualidade

APIC alerta para o aumento de intervenções em mulheres devido a enfarte agudo do miocárdio

Os dados do Registo Nacional de Cardiologia de Intervenção (RNCI), desenvolvido pela APIC, indicam que, em 2020, foram realizadas 3.817 angioplastias primárias para o tratamento do enfarte agudo do miocárdio em mulheres, um aumento de 2,5%, face ao ano anterior. Nesse sentido, a Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) está a promover a ação nacional de consciencialização para o enfarte agudo do miocárdio, sob o tema “Coração de Mãe”.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo.