Atualidade

Hospital Cruz Vermelha promove consulta de segunda opinião ao doente cardiovascular

Para assinalar o mês do coração, em maio, o Heart Center do Hospital Cruz Vermelha (HCV) disponibiliza, na área cardiovascular, a possibilidade de realizar uma consulta de segunda opinião relativamente a qualquer aspeto do processo do doente cardiovascular. O objetivo é oferecer ao doente a possibilidade de validar, avaliar ou modificar um diagnóstico, um tratamento, uma intervenção ou um prognóstico.

Em comunicado, referem ser “importante para um doente sentir-se seguro quando se trata da sua saúde, sendo que uma doença ou um tratamento mais complexo envolve sempre receios e dúvidas” e, nesse sentido, “uma consulta de segunda opinião é um direito dos doentes e uma forma de se sentirem mais confiantes”. 

Nesta consulta, participa um cardiologista e um cirurgião cardíaco com o intuito de avaliar cada caso, para posteriormente o discutir multidisciplinar. A consulta é constituída por três fases: verificação dos meios complementares de diagnóstico e relatório de profissionais de saúde consultados anteriormente, análise multidisciplinar de toda uma equipa formada por especialistas e, por fim, resultado com relatório da segunda opinião da equipa multidisciplinar.

Ao sublinhar que “a medicina não é uma ciência exata, sendo muitas vezes interpretativa”, Luís Baquero, médico cardiologista, salienta ainda que “diferentes escolas, formações e especializações poderão influenciar a análise final e proposta de tratamento de cada médico”.

 

Patrocínio

Os dados, opiniões e conclusões expressos nesta publicação são da exclusiva responsabilidade do(s) seu(s) autores e não representam necessariamente os de Bial, não podendo, em caso algum, ser tomado como expressão das posições de Bial. Bial não se responsabiliza pela atualidade da informação, por quaisquer erros, omissões ou imprecisões.