Opinião

João Brum Silveira: Cuide do seu coração durante a época festiva

Leia o artigo de opinião da autoria de João Brum Silveira a propósito das doenças cardiovasculares e de que forma podem ser prevenidas durante a época festiva associada ao mês de dezembro.

As épocas festivas são momentos que potenciam o convívio e a mesa composta com as iguarias pouco saudáveis é tradição para várias famílias portuguesas. No entanto, a saúde não tira férias e os resultados do descuido na alimentação são mais do que visíveis. Só em Portugal, 53% da população adulta tem excesso de peso e um milhão e meio de portugueses apresenta obesidade, sendo que estes números têm tendência a piorar. 

A Direção-Geral da Saúde (DGS) afirma que esta patologia poderá vir a ser responsável por mais mortes do que o tabaco. Também se verifica que a má alimentação é um dos principais fatores de risco das doenças do sistema cardiovascular, consideradas a primeira causa de morte a nível mundial. 

Isto acontece uma vez que a acumulação de gordura corporal leva a que o funcionamento do coração seja comprometido através de, por exemplo, o entupimento de artérias com placas de gordura, levando a elevados níveis de colesterol e a um maior esforço de bombardeamento de sangue. Por outro lado, a alimentação contribui, ainda, para outros fatores de risco como a hipertensão arterial e a diabetes. Estes aspetos são responsáveis por cerca de 80% das doenças coronárias e cerebrovasculares e, felizmente, modificáveis através de mudanças na rotina quotidiana.

As recomendações dadas pelas instituições de saúde neste âmbito são consensuais. Para combater a obesidade e as doenças cardiovasculares é necessário adotar um estilo de vida saudável, com ênfase na questão dos hábitos alimentares, já que é na dieta que se recolhe a energia necessária para colocar em prática as restantes dicas preventivas (por exemplo, praticar exercício físico de forma regular e não fumar). 

Se pretende pôr em prática uma mudança alimentar o próximo almoço ou jantar, com a família e os amigos, comece com cinco passos para iniciar a reeducação alimentar do seu grupo:

  • Substituir alimentos processados por opções naturais;
  • Evitar gorduras saturadas; 
  • Diminuir a quantidade de sal;
  • Ter atenção ao consumo de açúcar;
  • Reduzir a ingestão de bebidas alcoólicas e de refrigerantes.

Desta maneira, a saúde do corpo e do coração irá agradecer, e estará a contribuir para enraizar práticas que combatem a grande pandemia do século XXI, a obesidade. 

Nas épocas festivas verifica-se uma redução de alguns hábitos mais saudáveis, mas é importante que os cuidados regulares com o coração se mantenham. Não deixe que a alimentação seja a sentença da sua saúde e comece a implementar pequenas mudanças já hoje, tendo sempre o equilíbrio como foco.