Atualidade

Palmela recebe estudo PORTHOS já em novembro

Conhecer a prevalência da insuficiência cardíaca (IC), em Portugal, e perceber quais as necessidades dos doentes é o objetivo do estudo PORTuguese Heart failure Observational Study (PORTHOS) ou, em português, Estudo Epidemiológico sobre Insuficiência Cardíaca na População Portuguesa, que chega agora à região de Lisboa e Vale do Tejo.

Palmela, Sesimbra, Torres Vedras, Sobral de Monte Agraço, Amadora, Alta de Lisboa e Sete Rios são as sete localidades selecionadas.

Promovido pela Sociedade Portuguesa de Cardiologia e pela AstraZeneca, em parceria com a Nova Medical School, o estudo PORTHOS inclui uma primeira fase na qual algumas pessoas destas localidades serão selecionadas e convidadas pelo telefone a participar no estudo. As pessoas que aceitarem participar serão depois convidadas a deslocar-se a uma unidade móvel, instalada num camião equipado com meios técnicos e humanos, onde serão submetidas a testes e exames que vão da colheita de sangue ao ecocardiograma.

A unidade móvel vai estar em Palmela a partir de dia 4 de novembro e seguirá depois para as seguintes localidades, até fevereiro do próximo ano. A recolha de informação feita no decorrer deste estudo, que irá percorrer todo o país, contribuirá para um melhor planeamento e organização de cuidados e políticas de saúde nesta área.

Patrocínio

Os dados, opiniões e conclusões expressos nesta publicação são da exclusiva responsabilidade do(s) seu(s) autores e não representam necessariamente os de Bial, não podendo, em caso algum, ser tomado como expressão das posições de Bial. Bial não se responsabiliza pela atualidade da informação, por quaisquer erros, omissões ou imprecisões.