Manuel Rodrigues Pereira: “O risco cardiovascular é um dos fatores mais importantes a controlar na pessoa com diabetes”

A propósito do 4.º Congresso Nacional da APDP, realizado nos dias 17 e 18 de novembro, no Centro Ismaili de Lisboa, Manuel Rodrigues Pereira, especialista em Medicina Geral e Familiar e membro da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal, dinamizou dois momentos: “Diabetes e cancro – causa ou consequência?” e “Diabetes e COVID-19” e palestrante do momento “O melhor do risco cardiovascular”. O especialista salienta a importância de uma boa saúde cardiovascular em qualquer doente, mas, em particular, nos doentes com diabetes, já que neste grupo tem uma importância acrescida. Assista à entrevista.

No doente com diabetes é importante “não só, controlar metabolicamente a doença, ou seja, as glicémias, mas também prestar atenção a outros fatores colaterais que muitas vezes podem correr o risco de serem esquecidos, nomeadamente o controlo da pressão arterial, o controlo do perfil lipídico e o colesterol”, salienta Manuel Rodrigues Pereira.

O especialista destaca ainda a falta de literacia da população, em geral, acerca da “importância de controlar os fatores de risco cardiovascular, que não passam apenas pela doença, em si mesma”. Uma forma de controlar passa pela utilização de Estatinas, já que “está mais do que provado que conferem a proteção cardiovascular, qualidade de vida e, portanto, são algo perfeitamente natural de utilizar”, garante o especialista.

Patrocínio

Os dados, opiniões e conclusões expressos nesta publicação são da exclusiva responsabilidade do(s) seu(s) autores e não representam necessariamente os de Bial, não podendo, em caso algum, ser tomado como expressão das posições de Bial. Bial não se responsabiliza pela atualidade da informação, por quaisquer erros, omissões ou imprecisões.