Regina Ribeiras e o CPC 2021: “Conseguimos edificar um programa de elevada qualidade”

“Nesta segunda edição online procuramos colmatar as falhas que estavam ao alcance da nossa capacidade de controlo”. Foi esta a preocupação subjacente ao Congresso Português de Cardiologia 2021 (CPC), que arranca esta sexta-feira, 30 de abril, e se estende até domingo, 2 de maio. Ao Jornal Médico, a presidente do congresso, Regina Ribeiras, sustentou que tiveram de “trabalhar afincadamente e imaginar a melhor forma de construir um programa com o nível científico de excelência”.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo.

Patrocínio

Os dados, opiniões e conclusões expressos nesta publicação são da exclusiva responsabilidade do(s) seu(s) autores e não representam necessariamente os de Bial, não podendo, em caso algum, ser tomado como expressão das posições de Bial. Bial não se responsabiliza pela atualidade da informação, por quaisquer erros, omissões ou imprecisões.