Regina Ribeiras e o CPC 2021: “Conseguimos edificar um programa de elevada qualidade”

“Nesta segunda edição online procuramos colmatar as falhas que estavam ao alcance da nossa capacidade de controlo”. Foi esta a preocupação subjacente ao Congresso Português de Cardiologia 2021 (CPC), que arranca esta sexta-feira, 30 de abril, e se estende até domingo, 2 de maio. Ao Jornal Médico, a presidente do congresso, Regina Ribeiras, sustentou que tiveram de “trabalhar afincadamente e imaginar a melhor forma de construir um programa com o nível científico de excelência”.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo.