Atualidade

Telemedicina na gestão da Insuficiência Cardíaca – o futuro é já hoje

“O padrão atual de cuidados da IC é a integração dos especialistas de ambulatório e hospitalares numa equipa multidisciplinar que possa providenciar cuidados contínuos sem falhas na comunicação”, começou por afirmar José Silva Cardoso, por ocasião da sessão dedicada à insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida, no Congresso Português de Cardiologia 2021, durante a qual abordou as estratégias atuais da telemedicina no contexto da cardiologia.

Por favor faça login ou registe-se para aceder a este conteúdo.

Patrocínio

Os dados, opiniões e conclusões expressos nesta publicação são da exclusiva responsabilidade do(s) seu(s) autores e não representam necessariamente os de Bial, não podendo, em caso algum, ser tomado como expressão das posições de Bial. Bial não se responsabiliza pela atualidade da informação, por quaisquer erros, omissões ou imprecisões.